Rede Concepcionista de Ensino  - Colégio Madre Carmen Sallés - Brasília-DF

Colégio

Madre Carmen Sallés

Brasília-DF

Pastoral Escolar

A Pastoral do Colégio Madre Carmen Sallés, tendo Maria Imaculada como fonte inspiradora, fundamenta sua ação no carisma e nos princípios de Santa Carmen Sallés, fundadora da Congregação das Irmãs Missionárias do Ensino. Através de formação humana e cristã-concepcionista dos educandos, dos educadores e de suas famílias, a Pastoral visa a garantir a vivência da identidade e da missão educativa concepcionista e o primado do Evangelho, proporcionando o conhecimento e uma experiência pessoal com Jesus Cristo a fim de discernir o Projeto de Deus sobre a própria vida e sobre a história.

A Pastoral na escola é assumida por todos os integrantes da comunidade educativa a partir dos valores cristãos, humanos e concepcionistas. Pretende-se formar pessoas abertas à comunhão e à transcendência e favorecer a experiência e a assimilação de valores universais como a abertura à transcendencia e à diversidade, o amor, a solidariedade, a cidadania e a liberdade enquanto sujeito histórico capaz de influenciar na construção de uma sociedade justa e fraterna.

Diante da realidade pós-moderna, com seus diversos valores e suas influências sobre a sociedade, realiza-se, à luz do Carisma Concepcionista, uma pastoral aberta ao contexto intercultural e inter-religioso.

"Deixai
vir a mim
os pequeninos"

Ensino Religioso

O material de Ensino Religioso da Rede Concepcionista tem o intuito de levar o aluno à reflexão, à descoberta e à vivência dos valores do Evangelho. Parte de dois principais referenciais: o antropológico e o teológico.

A criatividade e a participação do aluno são pontos relevantes da proposta. Momentos celebrativos favorecem a internalização dos valores.

O material pretende ser um caminho para criar empatia com os alunos e, com base no diálogo, transformar os conteúdos em vida.

Agenda

A agenda da Rede Concepcionista de Ensino de 2020 está repleta de novidades. Na capa, o tema “Olhar para ver” remete ao olhar de Jesus, que possuía uma forma singular de olhar para as pessoas. Seu olhar era transformador de vidas! Esse jeito de olhar de Jesus muito nos ensina. Jesus foi o primeiro a nos olhar e enxergou em nós mais que apenas um rosto. Ele viu nossa vida além das aparências. O lema da agenda é o mesmo da Campanha da Fraternidade de 2020: “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele”, em referência à parábola do bom samaritano (Lc 10, 34-35). Somos convidados a refletir, através do texto bíblico, sobre o significado mais profundo da vida em sua diversas dimensões: pessoal, comunitária, social e ecológica.

A agenda traz um símbolo especial: a pipa, que representa a liberdade, os sonhos que desejamos realizar, o encanto que devemos cultivar em nossas vidas, etc. Junto à pipa, nas páginas da agenda, há um passarinho. Pipa e passarinho se encontram e contam o tempo, cantam histórias e, lá do alto, veem pessoas que, mesmo sem ter asas, voaram. Cada mês aprofundaremos a vida de mulheres e homens que colaboraram para que este mundo seja um local mais bonito para vivermos com paz e dignidade.

E a Manoel de Barros pedimos emprestada a poesia, para que, com a leveza das palavras, nos ajude a enfrentar as dificuldades que a vida nos apresenta.

Peçamos, pois, a intercessão de Maria, sob o título de Imaculada Conceição, para vivermos a proposta da agenda 2020. Que sejamos acolhedores com colegas, amigos, professores, familiares, enfim, com nosso próximo.

Luciana, Coordenadora de Pastoral

Projetos